sábado, 26 de abril de 2014

5 hipóteses que possibilitariam a viagem no tempo


Viajar através do tempo, assim como voar, é um dos desejos mais antigos da humanidade. Da fantasia para a realidade, a ciência investiga cuidadosamente a possibilidade das viagens no espaço-tempo. As teorias atuais mais plausíveis são embasadas pelas seguintes hipóteses:


Viagem através de um buraco negro

A Física descreve os buracos negros como máquinas do tempo naturais. Sabe-se que essas singularidades são capazes de influenciar o tempo e diminuir a sua velocidade como nenhuma outra força conhecida. Na hipótese de uma missão tripulada, uma volta em torno de um buraco negro duraria 16 minutos para o comando de base na Terra. Para os astronautas no espaço, a missão de circular sua órbita teria durado apenas 8 minutos.


Cordas cósmicas

Teoricamente, estas cordas são a representação de uma série de defeitos hipotéticos sobre o tecido do espaço-tempo. De acordo com a física, através dessas anomalias seria possível criar curvas para voltar no passado. Na prática, isso significa construir uma máquina do tempo. A convergência de duas cordas juntas poderia proporcionar uma série de curvas fechadas de tempo, semelhante a um buraco negro. A teoria afirma que bastaria calcular com precisão o movimento para uma nave espacial mover-se até qualquer momento da história.


Matéria exótica

A matéria exótica é definida pela física como aquilo que não atende a uma ou mais das leis da natureza, como no caso da massa ou energia negativa. Enquanto a matéria ordinária não pode interagir com as partículas que viajam mais rápido do que a luz, a energia ou a massa negativa da matéria exótica poderia. Se tal coisa acontecer, então seria possível deformar o espaço-tempo para abrir caminho até túneis que interligam o universo, ou possibilitar o surgimento de motores de dobra capazes de acelerar partículas que poderiam exceder a velocidade da luz. Em suma, a matéria exótica permitiria a criação de uma máquina do tempo.


Vácuo em forma de anel

Não há necessidade de sair garimpando matéria exótica, é possível simplesmente aproveitar o vácuo no espaço. O cientista israelense Amos Ori afirma ter resolvido o problema de viajar no tempo. É isso mesmo: a sua máquina hipotética poderia ser construída por civilizações avançadas de 100 ou 200 anos a nossa frente. A máquina de Ori é baseada nas teorias de Albert Einstein, que dizem que o espaço pode ser curvado em forma de anel para criar um campo de gravidade capaz de arrastá-lo para o próximo espaço-tempo. Matematicamente, é mostrado que cada período de tempo é inscrito dentro do seu campo de gravidade, de modo que seria possível calcular como chegar a cada momento desejado.


Cilindro Tipler

Em 1974, o físico Frank J. Tipler desenvolveu um cilindro rotativo hipotético com uma alta densidade e comprimento infinito. Segundo seus cálculos, se o cilindo girar em seu próprio eixo com uma velocidade próxima à da luz, conseguiria criar uma força gravitacional extrema o bastante para regressar ao passado.

Fonte: Seu History

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será moderado. Para garantir aprovação, por favor:

- Seja educado.

- Tenha conteúdo.

- Não utilize CAIXA ALTA, pois prejudica a leitura de seu comentário.

- Comentários com proselitismo religioso NÃO serão aceitos. Para isso existem as igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...