quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Christine Chubbuck, a repórter que cometeu suicídio ao vivo

Não é de praxe o Férias do Clark publicar este tipo de postagem mas, desculpem os leitores do blog que não concordarem, eu achei essa macabra história bem interessante. Segue:

O dia é 15 de julho de 1974. No Canal 40 de Sarasota, Flórida, Christine Chubbuck apresenta normalmente seu programa matinal. Durante os primeiros 8 minutos, a repórter abrangeu 3 notícias e, em seguida, a notícia de uma troca de tiros em um restaurante local.

O video do tiroteio estava com problemas técnicos e não pôde ser exibido, então Chubbuck encolheu os ombros e falou para a câmera: “Em consonância com a política, vou trazer o mais recente suicido no Canal 40, e ao vivo”. Ela pegou um revólver e atirou na parte de atrás da sua orelha direita. As palavras faziam alusão a nova política da emissora que estava privilegiando notícias sangrentas em seus programas jornalísticos numa tentativa de alavancar a audiência.

Chubbuck caiu para a frente violentamente e o diretor técnico parou o programa.

O operador de câmara Jean Reed pensou que era uma brincadeira até que percebeu o estado da apresentadora. A estação rapidamente recorreu para um anúncio de serviço público e em seguida a um filme. Alguns telespectadores ligaram para a polícia, enquanto outros ligavam para a emissora.


Ela foi levada rapidamente para o Hospital Sarasota, onde permaneceu em estado grave. Mike Simmons, diretor de jornalismo leu no noticiário da manhã do Canal 40 a nota que a própria Chubbuck escreveu sobre seu suicídio e que havia sido encontrada pouco depois do evento:

“She had written something like 'TV 40 news personality Christine Chubbuck shot herself in a live broadcast this morning on a Channel 40 talk program. She was rushed to Sarasota Memorial Hospital, where she remains in critical condition.'”


Ela foi declarada morta 14 horas depois. Soube-se que ela estava se consultando com um psiquiatra e estava com quadro de depressão por sentir-se solitária.

Abaixo, um documentário sobre o assunto com trechos em alemão e inglês. Importante salientar que o vídeo abaixo não mostra a cena do suicídio. Numa época em que não haviam vídeos cassetes e muito menos essa parafernália atual que nos permite gravar horas e volumes enormes de dados, o único documento era a fita original que desapareceu. Especula-se que ou ela foi destruída, a pedido da família, ou encontra-se até hoje nos arquivos da polícia local.




http://arquivomisterioso.blogspot.com/

Artigo original. Sua reprodução é livre desde que seja incluída a fonte e, nos casos
de mídias eletrônicas, o link ativo http://feriasdoclark.blogspot.com/. Lei n.º 9.610/98.

6 comentários:

  1. o suicídio é a forma mais covarde de se abandonar a vida, porém não julgo, pois somente a pessoa sabe de si de suas depressões e problemas, daí uma aproximação desta pessoas com um tratamento humano e adequável, o apoia de família e amigos é fundamental, sem contar com um programa religioso sério e elevado para conscientizar, este indivíduo em valorizar a própria vida, se vc conhece alguém assim ajuda-o encaminhado-o para um grupo de orientação tanto religiosa como psicológica. vc não imagina a caridade que tu esta prestando ao teu semelhante.....

    ResponderExcluir
  2. Pra vc ver o que acontece numa sociedade que valoriza o individualismo e imposição de status através de conquistas materais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. boa observação Karen fidelis...

      Excluir
    2. Um leitor de nome "JuaaO BR" tem um ponto de vista distinto do da Karen, contudo o comentário foi recusado pois ele usou de ofensas. Só estou fazendo este adendo para ficar claro o motivo da recusa pois poderia parecer que tratou-se de uma censura. Peço ao leitor que, caso mantenha interesse, refaça o comentário.

      Excluir
  3. o video em questão, apareceu no youtube, mas sumiu, é impressionante, a 1 ano atras eu procurei até achar, não recomendo para pessoas sensiveis

    ResponderExcluir

Seu comentário será moderado. Para garantir aprovação, por favor:

- Seja educado.

- Tenha conteúdo.

- Não utilize CAIXA ALTA, pois prejudica a leitura de seu comentário.

- Comentários com proselitismo religioso NÃO serão aceitos. Para isso existem as igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...