segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Pobres Jovens

Uma crônica sobre o livre arbítrio, a desculpinha predileta dos cristãos. Quando é bom, é graças a Deus, mas quando é ruim, é culpa do Homem. Ainda bem que hipocrisia não mata!

Por Flávio Gomes e publicado originalmente em seu blog.

"Pobres jovens que viramos as madrugadas à espera de notícias. Cheguei. Estou saindo. Deixe seu recado após o sinal. Deixe seu recado após o sinal.
Pobres jovens que precisam de nós. Queremos saber onde vocês estão, meninos e meninas. Que horas vão, que horas vêm. Chegou bem? Está tudo bem?
Deixe seu recado após o sinal. Chegou bem, filho? Chegou bem, filha? Está tudo bem, pai, está tudo bem, mãe.
É bom quando está tudo bem, quando o celular apita. Podemos dormir.
Pobres jovens em busca da felicidade eterna e permanente. Ela não existe.
Por que você fez isso, Deus?
O quê?
Matou esses meninos e meninas.
Não fui eu.
Então foi quem?
Vocês vivem se matando.
Você nos fez assim. Não desvie o assunto. Por que matou esses meninos e meninas?
Não fui eu.
Vou mudar. Jogaram um bebê no lago. Alguém o achou e salvou.
Graças a Deus.
A você?
Sim, a mim.
É o que todos dizem, graças a Deus. Então foi você que salvou o bebê?
Sim, fui eu.
E por que matou esses meninos e meninas?
Não fui eu.
Um pai disse que Deus salvou a filha dele. Foi você?
É o que disse o pai.
Foi?
Fui.
E por que matou os outros?
Você não entende a morte. Você não entende nada.
Não entendo, quero entender. Por que uns sim, outros não?
Porque é assim.
Eles mereciam morrer, é isso?
Uns mereciam viver e outros mereciam morrer?
Responda.
Por que tanto sofrimento, por que tanta dor? Quem merece isso?
A vida que eu dei a vocês é tão ruim assim?
Quando acontecem essas coisas, sim.
Mas acontecem coisas boas, também.
O quê?
O sorriso de uma criança, o sol que nasce todos os dias.
De que vale o sorriso de uma criança que vai morrer queimada?
Você nos criou?
Sim.
Para quê?
Para buscar em mim sua salvação.
Aqueles meninos e meninas não foram salvos.
Eles virão a mim.
E você dirá o que a eles?
Que estão salvos.
E os pais, as mães, os irmãos, os amigos?
Virão um dia, também.
E o que você dirá a eles? Como vai explicar tanto sofrimento?
Direi que é a vida, que precisam provar seu amor por mim no sofrimento.
Como alguém poderá amá-lo depois disso?
É preciso aceitar, são os desígnios de Deus.
Seus desígnios?
Sim.
Então você matou esses meninos e meninas.
Não fui eu, as coisas acontecem por suas falhas e imperfeições.
Corrija-as.
Por que deveria?
Você não é bom, infalível, piedoso?
Sou.
E onde está sua bondade? Sua piedade?
As guerras, o holocausto, as pragas, os desastres, onde está sua bondade?
Vocês fazem as guerras, vocês causam os desastres.
Vou mudar. Você nos criou?
Sim.
À sua imagem e semelhança?
Sim.
Somos parecidos com você?
Sim.
Pena."

2 comentários:

Seu comentário será moderado. Para garantir aprovação, por favor:

- Seja educado.

- Tenha conteúdo.

- Não utilize CAIXA ALTA, pois prejudica a leitura de seu comentário.

- Comentários com proselitismo religioso NÃO serão aceitos. Para isso existem as igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...