quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Seis invenções com nomes que você pode encontrar no mapa

Para quem gosta de viajar pelo mundo, qualquer destino é válido. E para carimbar o passaporte com estilo, vale embarcar em aventuras para conhecer marcos históricos, locações de filmes e, por que não, os locais que batizaram objetos, alimentos e atividades que fazem parte do dia a dia. Para dar nomes às suas criações, alguns inventores recorreram ao globo para inspiração. Conheça 6 criações com nomes que você encontra no mapa:

1. Biquíni


No mapa: Atol de Bikini, no Oceano Pacífico

Foi em Paris, no dia 5 de julho de 1946, que Louis Reard apresentou pela primeira vez o traje de banho de duas peças que ganharia as praias de todo o mundo. O ousado modelo, vestido pela primeira vez pela ex-dançarina Micheline Bernardini, foi batizado pelo francês como bikini. A escolha não foi feita por acaso, mas não deixa de ser curiosa: este era o nome do atol (ilha oceânica em forma de anel) onde os Estados Unidos haviam realizado uma explosão atômica experimental. A esperança de Reard é que sua invenção fosse igualmente “explosiva”. Então tá.


2. Hambúrguer


No mapa: Hamburgo, Alemanha

A origem do hambúrguer é disputada. O prato, hoje considerado tipicamente americano, roda as mesas do mundo desde o século 19, e a autoria da delícia permanece indeterminada. Mesmo com toda a polêmica, parece ser consenso que seu nome de batismo deriva do nome da cidade de Hamburg, na Alemanha. O motivo da honraria aponta para uma das versões da origem da criação: o cozinheiro alemão Otto Kuasw teria servido a marinheiros (alguns deles estadunidenses) um sanduíche com a tradicional carne acompanhada de um ovo frito em 1891. Os viajantes teriam aprovado o lanche e, de volta à Nova York, teriam pedido um sanduíche ao “estilo de Hamburg”. Será?

3. Limusine
 

No mapa: Limusino, província da França

Bem mais divertido do que andar de limusine é visitar a região que inspira o seu nome. Quando o veículo foi criado, em 1902, ainda era bem diferente dos luxuosos modelos atuais: enquanto os passageiros curtiam o conforto de uma cabine fechada, o motorista viajava em um compartimento aberto, protegido apenas pela capota. É dela que vem a inspiração para o nome do veículo: reza a lenda que a cobertura parecia com o capuz levantado das capas usadas pelos pastores da região de Limusino. Outra versão para a origem do nome é que os motoristas recorriam às capas usadas na região para se protegerem das intempéries climáticas.

4. Maionese


No mapa: Maó-Mahón, Espanha ou Mayenne, França

A origem do molho feito com ovos e óleo é incerta. Uma das versões mais populares aponta que a maionese teria sido criada no município de Mahón, na Espanha, o que teria inspirado o nome maonesa - e depois, maionese. Há quem diga, no entanto, que, apesar da semelhança fonética, o nome seria na verdade uma homenagem a Charles de Lorraine, duque de Mayenne, apreciador do molho.

5. Champanhe


No mapa: Champagne, França

O nome do vinho espumante deriva da região de sua produção: Champagne, região localizada no nordeste da França. Por ser uma denominação de origem controlada, somente os vinhos produzidos na região podem exibir o nome “champanhe” no rótulo. Por isso, nem adianta fingir: na noite de Ano Novo, é o espumante que enche as taças por aqui. Tin-tin.

6. Maratona
 

No mapa: Marathónas, Grécia

42.195 quilômetros. A distância percorrida em uma maratona é aproximadamente a mesma que Feidípedes, um mensageiro do Exército Grego, percorreu em 490 a.C. Ele partiu da cidade de Marathónas em direção a Atenas em busca de reforços, já que o Exército Persa estava em maior número durante uma batalha. Depois da vitória dos gregos, conta-se que Feidípedes refez novamente o trajeto e, ao chegar, conseguiu apenas dizer “Vencemos!”, morrendo logo em seguida. Em 1896, na criação dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, foi criada a Maratona, uma prova em homenagem ao primeiro maratonista da história.

Fonte: Super

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será moderado. Para garantir aprovação, por favor:

- Seja educado.

- Tenha conteúdo.

- Não utilize CAIXA ALTA, pois prejudica a leitura de seu comentário.

- Comentários com proselitismo religioso NÃO serão aceitos. Para isso existem as igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...