terça-feira, 13 de agosto de 2013

Suíça quer retirar referências a Deus de seu hino nacional

O governo da Suíça realizará um concurso para a composição de um hino nacional laico.

O atual hino foi composto em 1841, em uma adaptação do hino religioso “Eu quero amar, Senhor” e é apelidado de "Salmo suíço", tamanha a quantidade de referências a Deus, conforme podemos observar pela letra abaixo em uma tradução do Wikipédia.

Quando loura aurora, a manhã nos doura
a alma minha Te adora, Rei do céu!
Quando o alpe já avermelha
a pedir então Te disponha:
em favor do pátrio solo,
cidadão, Deus o quer.
Cidadão, Deus sim, Deus o quer.

Se de estrelas é um júbilo a celeste esfera
Te retorno a noite, ó Senhor!
Na noite silenciosa
a alma minha em Ti repousa:
liberdade, concórdia, amor,
à Helvécia serva sempre.
À Helvécia serva sempre.

Se de nuvens um véu me esconde o Teu céu
pelo Teu raio anel, Deus de amor!
Fuga o Sol aqueles vapores
e me rendas os Teus favores:
de minha pátria, deh, piedade!
Bilha, Sol de verdade
Brilha, só Sol de verdade

Quando ruge e estrepita impetuoso o nimbo
me é refúgio Teu colo, ó Senhor!
Em Ti confio, Onipotente
deh, proteja nossa gente:
liberdade, concórdia, amor,
à Helvécia serva sempre.
À Helvécia serva sempre

De acordo com Lukas Niederberger, da comissão do concurso, “temos ateus, nem todos adoram a Deus, então essa música tornou-se uma dificuldade." Ele ainda aconselhou os concorrentes a substituir as referências a Deus pelos valores morais contidos na Constituição do país.

Até agora, ao contrário do que se esperaria no Brasil, nenhuma liderança religiosa se opôs à mudança do hino.

 

Fonte: National Secular Society.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será moderado. Para garantir aprovação, por favor:

- Seja educado.

- Tenha conteúdo.

- Não utilize CAIXA ALTA, pois prejudica a leitura de seu comentário.

- Comentários com proselitismo religioso NÃO serão aceitos. Para isso existem as igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...