quinta-feira, 25 de abril de 2013

Haja coração... com o Novo Mineirão

Para os locutores nos canais que exibiram a partida, estava tudo mil maravilhas, mas quem vive em Belo Horizonte sabe a realidade.

Essa Copa foi a esperança dos belo-horizontinos para o famoso legado. O principal, a ampliação do metrô da capital que conta com apenas uma linha. Vergonhosamente, substituíram a ampliação por um sistema de ônibus, o chamado BRT (Bus Rapid Transit). Não é surpresa para nós. Sabemos a influência que as empresas de ônibus tem sobre os políticos de BH.

Ficou então a esperança de que o novo estádio, alardeado como de "primeiro mundo" e mais caro do que um estádio realmente de primeiro mundo, proporcionasse ao torcedor pelo menos conforto.

Não é que conseguiram piorar? Na inauguração foi um absurdo de problemas. Com o passar do tempo, esperavamos que estes problemas fossem solucionados, mas não é isso que se vê. Ontem, dia 24 de abril, foi realizado o teste final para a Copa das Confederações. 

Os mesmos problemas de sempre e outros novos. Afunilamento na entrada, pessoas conseguindo entrar com o jogo já em andamento, ingressos duplicados, filas quilométricas nos bares e pasmem, até o famosos tropeiro foi vendido azedo. 

Mas sabe o que é o pior de tudo? É que no próximo jogo, estará todo mundo lá de novo. Brasileiro leva futebol a sério demais...

Fila quilométrica em um dos bares no jogo Brasil x Chile.
Fonte: Jornal Hoje em Dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será moderado. Para garantir aprovação, por favor:

- Seja educado.

- Tenha conteúdo.

- Não utilize CAIXA ALTA, pois prejudica a leitura de seu comentário.

- Comentários com proselitismo religioso NÃO serão aceitos. Para isso existem as igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...