terça-feira, 12 de março de 2013

Pastor e deputado Marco Feliciano convoca evangélicos para "Guerra Santa" contra gays

Sim, ele novamente!

Depois de ver o repúdio popular a sua posse como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, o pastor Marco Feliciano se faz de vítima de perseguição religiosa.

Feliciano está promovendo o inicio de uma "Jihad Gospel" realizando convocações pelas redes sociais. Em um vídeo intitulado "Perseguição religiosa se instala no Brasil", o pastor e também deputado, distorce o teor de manifestações contra o discurso preconceituoso de algumas denominações evangélicas e convoca líderes religiosos para discutir o futuro das igrejas diante do que ele chama da “batalha contra a família brasileira”.

Segundo ele, “estamos vivenciando a maior de todas batalhas contra a família brasileira, e a igreja está sendo bombardeada pelas mentiras insinuadas por grupo de bandeira LGBT (gays, lésbicas, bissexuais e travestis), que planeja dividir e destruir nossas igrejas e famílias, usando a política e a discriminação como arma”.


Pera lá! Um pastor que se elegeu deputado graças a massas evangélicas acusando um determinado grupo de usar a política como arma? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será moderado. Para garantir aprovação, por favor:

- Seja educado.

- Tenha conteúdo.

- Não utilize CAIXA ALTA, pois prejudica a leitura de seu comentário.

- Comentários com proselitismo religioso NÃO serão aceitos. Para isso existem as igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...