quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Governo dá tiro no pé ao taxar empresas com alta rotatividade de empregados

Com a desculpa de querer evitar mais gastos com o seguro desemprego, Governo pretende taxar empresas com alta taxa de rotatividade.

Pelo visto, nossos governantes acreditam que uma empresa que investiu alto na contratação e capacitação de um funcionário o demite por luxo. Obviamente uma empresa demite funcionários em casos de extrema necessidade. Geralmente porque o funcionário não serve mais para a empresa, seja porque o cargo passou a ser desnecessário ou porque ele não produz o que deveria. 

Obviamente, existem outras causas, como os altíssimos encargos e tributos impostos às empresas. Como mostra essa reportagem da revista Época, o empregador acaba tendo que pagar mais do que dois salários para um funcionário, sendo que um deles acaba indo para o Governo. Vejam gráficos abaixo:

Fonte: Revista Época

Fonte: Revista Época

Na prática, esta medida visa diminuir as demissões, mas acaba sendo um tiro no pé, pois já podemos vislumbrar que a longo prazo produzirá desemprego e redução do salário médio. 

Raciocine comigo! Se você é um empregador irá pensar duas, três, vezes antes de contratar alguém e mesmo vendo que realmente precisa, irá apertar ao máximo o processo seletivo, pois não poderá correr o risco de contratar alguém incapacitado para a função. Com processos seletivos mais apurados e consequente maior dificuldade em conseguir emprego, é fácil imaginar que candidatos a diversas vagas passarão a aceitar salários cada vez mais baixos para conseguir um emprego, por mais capacitados que estes candidatos sejam.

Punir empregador para proteger empregado!? Que pensamento retrógrado!

Imagem reproduzida de vídeo de Dâniel Fraga no Youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será moderado. Para garantir aprovação, por favor:

- Seja educado.

- Tenha conteúdo.

- Não utilize CAIXA ALTA, pois prejudica a leitura de seu comentário.

- Comentários com proselitismo religioso NÃO serão aceitos. Para isso existem as igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...