sábado, 28 de dezembro de 2013

Bebê morre porque fanática religiosa impediu transfusão

Um recém-nascido morreu no HGF (Hospital Geral de Fortaleza) porque sua avó, uma fanática religiosa, não deu autorização para que os médicos salvassem a criança por intermédio de uma transfusão de sangue.

A avó é seguidora da igreja fundamentalista Testemunhas de Jeová, cujos dirigentes (autodenominados Corpo Governante) proíbem que os fiéis sejam submetidos a esse procedimento da medicina porque acreditam que contraria a Bíblia.

A mãe do bebê pediu ao hospital que aplicasse a transfusão, mas, por ela ser menor de idade, tem 15 anos, prevaleceu a determinação da avó.

Assistentes sociais do hospital solicitaram ao MPE (Ministério Público Estadual) que interviesse no caso, mas não houve tempo porque o bebê não resistiu à sua doença.

Sebastião Ramos de Oliveira, presidente da ABRAVIPRE (Associação Brasileira de Apoio às Vítimas de Preconceito Religioso), afirmou ser “revoltante” saber que “mais uma vida foi ceifada por uma doutrina religiosa planejada, ensinada e aplicada em terras reconhecidamente laicas”.

A Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e Juventude do Ministério Público vai denunciar (acusação formal à Justiça) a avó por crime. “Entendemos que a avó, ao não permitir que a criança tomasse sangue, assumiu o risco pela morte da criança, é isso pode ser tratado como homicídio doloso”, disse a promotora Antônia Lima.

Oliveira, que já foi Testemunha de Jeová, quer também quer que a Torre de Vigia (espécie de pessoa jurídica da igreja) também seja responsabilizada pela morte do bebê, conforme representação que ele enviou ao MPE.

Para ele, não seria justo a punição de uma pessoa que, por natureza, é refém de uma ideologia religiosa, extremamente fundamentalista. Quem deveria responder judicialmente por mais este crime é a Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados (espécie de pessoa jurídica da igreja), que representa a religião no Brasil, além da Associação Bíblica e Cultural de Fortaleza, que no Estado do Ceará representa a congregação.

O presidente da ABRAVIPRE explica que as duas entidades são protagonistas de doutrinas que violam a lei da liberdade religiosa e os direitos fundamentais da pessoa humana, o que, inclusive, já foram denunciadas pelos Ministérios Públicos Federal e Estadual por crime de preconceito religioso. Lei Federal nº 7.716.

"Sabemos muito bem que o "Corpo Governante" se autodenomina "O representante de Deus na terra", disse. "Na visão dessa mãe, como poderia ela ir contra o que acredita ser uma ordem direta do próprio Deus? A pressão exercida e o medo de ser "condenada" por "desobedecer a Deus" e/ou de sofrer as consequências por ser desassociada [expulsa da igreja] é tão forte que alguns acabam cedendo. Eles preferem pôr o fervor religioso à frente da própria vida em si. O mal tem que ser cortado pela raiz.

A tendência da Justiça é conceder autorização para a transfusão de sangue, isto quando, obviamente, a solicitação feita por médicos ou parentes é apresentada a tempo de salvar o paciente.

Em setembro de 2013, por exemplo, o juiz Elleston Lissandro Canali, de Tubarão (SC), autorizou um hospital a fazer a transfusão de sangue em um bebe filho de Testemunhas de Jeová.

No entendimento do juiz, o artigo 5º da Constituição assegura a todos o direito à vida, com prioridade sobre outros direitos, incluindo o da liberdade de crença.

Fonte: Paulopes

20 comentários:

  1. Com 2 anos e meio tive Leucemia, na época meus pais, avós eram Testemunhas de Jeová, minha avó por parte de pai ainda frequenta fervorosamente a religião e era contra a me dar a transfusão de sangue, meu pai e minha mãe, autorizaram a transfusão e um casal amigo deles de dentro do lugar, eles deram o maior apoio, e hoje aqui estou recém fiz 28 anos.
    Não sou a favor, assim como ninguém é a favor de deixar quem quer que seja morrer por que simplesmente não querem que doe sangue, e antes de qualquer pessoa me criticar pelo o que eu disse, já fui Testemunha de Jeová e tenho pessoas na família que são, eles lá e eu aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amigo veja bem eu não estou simplismente criticando quem escreveu o artigo, eu estou chamando de mentiroso, como eu posso confiar nessa matéria com tão poucos dados sobre o ocorrido? e tá tão obvio que o autor escreveu com raiva da associação, a finalidade desse artigo não é trazer fatos e historias é apenas criticar de maneira mentirosa e mediocre. Consegue ver? É apenas raciocinio lógico.

      Excluir
    2. Já que estou sendo chamado de mentiroso, seguem outras fontes...

      http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=372711

      https://drive.google.com/file/d/0B0vkl_xBVqgOc1QwdVl4cElGbk0/edit?usp=sharing

      Quem acompanha meu blog sabe se sou mentiroso ou não.

      Excluir
    3. o pior é ver que quando a merda acontece agem como covardes. Um representante da Torre de Vigia dizendo que a mãe e a avó não eram TJ, no que foi rebatido de imediato pela ABRAVIPRE que afirma que se elas não são batizadas, certamente frequentam o Salão do Reino das TJ, já que é lá que é feita a distorção na Bíblia que diz que não se deve aceitar transfusões.

      Excluir
    4. Meu amigo denovo vou te dizer por que estou te chamando de mediocre e mentiroso, você pega uma historia no ar e joga na cara das pessoas e acha que isso cola pra mim? meu amigo isso não é o suficiente está vendo por que estou te chamando de mentiroso, falta de dados demais, e denovo o que eu digo você meu caro mentiroso está usando essa matéria unicamente para criticar a igreja não tem fatos completos só o que voce pegou e viu e postou, como já disse criticar é facil ir atras dos fatos reais é dificil né seu mentiroso ah e sim Clark, você ainda é mais covarde por usar esse nome ficticio por que não usa seu nome de verdade ? é tão fraco assim que tem medo de morrer caso te descubram ?

      Excluir
    5. 1 - Já que você tá se repetindo, vou me repetir tb. Segue:

      Já que estou sendo chamado de mentiroso, seguem outras fontes...

      http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=372711

      https://drive.google.com/file/d/0B0vkl_xBVqgOc1QwdVl4cElGbk0/edit?usp=sharing

      Quem acompanha meu blog sabe se sou mentiroso ou não.

      Após ler essas duas outras fontes que eu citei acima, poderia listar os DADOS que voc~e necessita, por favor.

      2 - 1 - não vou ficar aqui batendo boca com vocês, pois de acordo com a regra do blog os comentários de vocês, por aplicarem Ad hominen e soarem como proselitistas nem seriam aceitos, mas resolvi aceitar para mostrar como há incoerência no que dizem por si mesmos.

      2 - tendo em vista isso eu nem precisava estar respondendo. os comentários dos outros leitores abaixo falam por si mesmos, mas vou fazer as vezes do advogado do diabo e vou entrar na trollagem.

      3 - Carlos está perguntando se o tratamento iria mesmo salvar a vida do bebê. Bem, é o que o corpo médico, que não é infalível, determinou após os exames. prefiro acreditar nisso do que numa leitura literal de um livro escrito a centenas de anos. ai vai de cada um, desde que a pessoa tenha condições de decidir por si mesma, o que não era o caso do bebê, logo deveria se aplicar o tratamento recomendado pela medicina, pois a ciência e as artes são o que regem nossa academia.

      4 - o mais absurdo é vocês ainda exigirem que a ciência desenvolva um tratamento alternativo. como se fosse simplesmente entrar num laboratório, fazer meia dúzia de experimentos e plim... aparece um tratamento alternativo. não! requer recursos, tempo dos pesquisadores, estudos exaustivos etc etc etc e após isso tudo, talvez não consigam esse tratamento alternativo. talvez um milagre seja mais fácil, mas tem gente que não acredita em milagres. sugestão: quando ficarem doentes, rezem ao invés de procurarem um médico. fica a dica.

      5 - quanto ao senhor fabio, só faço uma pergunta. pode até ser que a transfusão seja o pior tratamento para alguma coisa, mas e se ele for o único? E se for com a criança que o senhor está segurando? O pior tratamento (o único que poderia salvá-la) ou nenhum? Como eu disse, quando você escolhe por si mesmo tem todo o direito, mas quando é algo que envolve um terceiro, a coisa complica.

      3 - Seus comentários direcionados aos demais leitores foram excluídos até você refazê-los de forma educada. Eu posso até tolerar sua falta de educação, mas não aceito que você se dirija aos meus leitores no mesmo tom.

      4 - "é tão fraco assim que tem medo de morrer caso te descubram ?" Vou considerar este trecho formalmente como uma ameaça a minha integridade física. Não adianta apagar a postagem pois já foi devidamente salva.

      5 - comente de forma mais cortes e educada de agora em diante ou seus comentários serão recusados.

      6 - Reitero e peço que liste os dados que você necessita.

      Excluir
  2. Bom, eu acho seu artigo meio que mentiroso pelas afirmações que você faz
    ao que parece você não conhece bem o que se passa dentro da crença das
    pessoas e fica falando coisas que não são verdades ou seja você é mediocre.
    e mais uma coisa, qual base cientifica você pode usar pra provar que a transfusão de sangue
    iria mesmo salvar a vida do bebe? e qual era o problema do bebe?
    quem garante que a transfusão iria salvar a vida do bebe?
    está vendo como é mediocre você posta críticas sem ter nenhuma base
    por isso eu te chamo de mediocre seu mediocre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A transfusão de sangue é o pior tratamento para qualquer doença.........post ridiculo

      Excluir
    2. 1 - não vou ficar aqui batendo boca com vocês, pois de acordo com a regra do blog os comentários de vocês, por aplicarem Ad hominen e soarem como proselitistas nem seriam aceitos, mas resolvi aceitar para mostrar como há incoerência no que dizem por si mesmos.

      2 - tendo em vista isso eu nem precisava estar respondendo. os comentários dos outros leitores abaixo falam por si mesmos, mas vou fazer as vezes do advogado do diabo e vou entrar na trollagem.

      3 - Carlos está perguntando se o tratamento iria mesmo salvar a vida do bebê. Bem, é o que o corpo médico, que não é infalível, determinou após os exames. prefiro acreditar nisso do que numa leitura literal de um livro escrito a centenas de anos. ai vai de cada um, desde que a pessoa tenha condições de decidir por si mesma, o que não era o caso do bebê, logo deveria se aplicar o tratamento recomendado pela medicina, pois a ciência e as artes são o que regem nossa academia.

      4 - o mais absurdo é vocês ainda exigirem que a ciência desenvolva um tratamento alternativo. como se fosse simplesmente entrar num laboratório, fazer meia dúzia de experimentos e plim... aparece um tratamento alternativo. não! requer recursos, tempo dos pesquisadores, estudos exaustivos etc etc etc e após isso tudo, talvez não consigam esse tratamento alternativo. talvez um milagre seja mais fácil, mas tem gente que não acredita em milagres. sugestão: quando ficarem doentes, rezem ao invés de procurarem um médico. fica a dica.

      5 - quanto ao senhor fabio, só faço uma pergunta. pode até ser que a transfusão seja o pior tratamento para alguma coisa, mas e se ele for o único? E se for com a criança que o senhor está segurando? O pior tratamento (o único que poderia salvá-la) ou nenhum? Como eu disse, quando você escolhe por si mesmo tem todo o direito, mas quando é algo que envolve um terceiro, a coisa complica.

      Excluir
  3. E mais uma coisa, pfff fica obvio que por essa tragédia da medicina e por falta dos recursos de meios
    alternativos de transfusão de sangue, você culpa a crença das pessoas, você culpa a religião diretamente
    você ataca a religião diretamente como se ela fosse a culpada e faz isso explicitamente sem nenhum pudor
    você nem se deu ao trabalho de pesquisar e saber o que era verdade ou mentira, e é tão covarde que aposto que não vai ter coragem de postar meus comentarios sobre você e seu artigo mediocre seu fraco
    covarde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que qualquer pessoa que deixa outra morrer pelo simples fato de sua religião não permitir uma ou outra medida que poderia salvar a vida da outra, não deve ser chamada de ser humano. Esses religiosos radicais deveriam ser extintos da face da terra, pois todos ou quase todos os males do mundo são derivados de ações radicais ou fanatismos, mata-se em nome de Deus, Alá e até de Jeová.

      Excluir
    2. Carlos Eduardo não me diga que religião faz bem, PORQUE NÃO FAZ, tanto quando neste episodio quanto no do papa que foi no pais mais devastado pela AIDS (Africa) e disse a eles para não usarem camisinha!
      Porque não gosto de religião? A ânsia pelo mais fácil, o desprovido de qualquer pensamento mais demorado em reflexão. Se a massa cristã conseguissem enxergar um pouco mais iriam perceber que a religião é uma manifestação cultural passada de pai para filho, se a maioria dos evangélicos tivessem nascidos na India provavelmente estariam adorando uma vaca enquanto morrem de fome, fazendo cercadinhos nas fezes das vacas que abençoaram seu lar com cáca no meio da sala. É isso...
      PS: Adoro como vocês cristãos declaram que amam o próximo!

      Excluir
  4. Eu pertenci a essa "seita" durante 3 anos de minha vida,cheguei a me "batizar" nela.Posso afirmar que não se trata de religião,é uma seita formada por fanáticos dispostos a qualquer coisa para seguirem uma bíblia totalmente deturpada.

    ResponderExcluir
  5. Que cara idiota é esse Carlos Eduardo, se liga cara, se ela foi ao hospital e disseram que a maneira de pelo ao menos resolver o problema da criança seria a transfusão é porque fizeram exames detalhado seu imbecil, mas um religioso cego da gota serena, não sabe nem o que fala seu idiota.

    ResponderExcluir
  6. Eu conheço bem as Testemunhas de Jeová e a bíblia realmente diz que não devemos nos abster de sangue, mas a Bíblia foi escrita a centenas de anos atrás, provavelmente as coisas já não são como eram na época e acredito que muita coisa na bíblia já esteja desatualizada!

    ResponderExcluir
  7. Carlos Eduardo me desculpe a sua falta de sabedoria, você leu algum artigo fora dos vídeos que lhe foi apresentado? Fora das famosas Sentinela e Despertai? Procure saber quantas vidas são salvas pela transfusão de sangue no Brasil e no mundo, a falta de métodos não é desculpa sendo que o método mais comum e existente é a própria transfusão, além disso é a que dá maior resultado, lamentavelmente é você querer falar sem mesmo procurar saber, vá fazer um curso de Medicina ou algo do tipo para ter conhecimento e parar de falar asneira. (Esqueci sua associação não quer que vocês vão pra faculdade, porque te liberta da falsa crença) Então faz o seguinte, morre, ai daqui alguns anos a associação irá falar que estava errada e liberará a transfusão assim como foi com as duas datas em que errou quanto a "destruição do mundo"!

    ResponderExcluir
  8. imaginem um país nas mãos de gente assim, quero estar morto antes.....raça hipócrita ignorante, e ainda chamam quem postou o artigo de mediocre. mediocre são pessoas assim fanáticas que se pelam de medo de um inferno que elas mesmos invetam para irem para um paraíso inexistente. HIPOCRITAS SIM SÃO VCS FANÁTICOS RETROGADOS QUE AINDA VIVEM NA IDADE MÉDIA, mandem para um país fundamentalista lá é o lugar de vcs...e nos deixem em paz o ESTADO É LAICO e o direito à vida é de todos....agora a menina não tinha idade para optar pelo filho em questão mas teve idade para parir uma criança. vai entender....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "agora a menina não tinha idade para optar pelo filho em questão mas teve idade para parir uma criança. vai entender...."

      Pois é! depois aparece gente querendo realizar um controle efetivo de natalidade com educação sexual, visitas supervisionadas de agentes de saúde, campanhas de esterilização voluntária etc etc etc ainda temos que aguentar mimimi de religiosos...

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. E bom ler um pouco mais conhecer os fatos conhecer a doutrina ensinada, os meios de tratamento disponíveis e do apoio dado pela organização nesses casos lembrando que ha muitos tratamentos que sao muito mais eficazes que a transfusão de sangue. Basta deixar a ignorância de lado e pesquisar quais sao estes tratamentos,, isso leva a falta diretamente para o hospital que de alguma forma foi negligente ao aplicar estes meios de tratamento alternativo.

    A negativa à transfusão, segundo Lima, teria se dado porque a avó da criança seria Testemunha de Jeová. O representante do grupo cristão no Ceará, Ricardo Kataoka, garantiu que nem a avó nem a mãe do bebê são Testemunhas de Jeová. "

    Se ela fosse testemunha de Jeova ela receberia todo um suporte tanto para explicação do porque nao aceta sangue como tambem no tratamento mais eficaz para a neta!!

    ResponderExcluir

Seu comentário será moderado. Para garantir aprovação, por favor:

- Seja educado.

- Tenha conteúdo.

- Não utilize CAIXA ALTA, pois prejudica a leitura de seu comentário.

- Comentários com proselitismo religioso NÃO serão aceitos. Para isso existem as igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...